Pedro Venceslau/Estadão
Pedro Venceslau/Estadão

Em carreata em Belém, Bolsonaro exalta general que defendeu intervenção militar

Pré-candidato à Presidência, deputado pediu 'salva de palmas' a Mourão, criticou nudez em exposições e defendeu liberação do porte de armas

Pedro Venceslau, Enviado Especial

05 de outubro de 2017 | 17h43

BELÉM - Pré-candidato à Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) fez um discurso exaltado num carro de som em frente ao aeroporto de Belém nesta quinta-feira, 5, no qual defendeu a liberação do porte de armas para toda população, criticou a nudez em exposições e pediu uma "salva de palmas" ao general Antonio Mourão, que recentemente causou polêmica ao defender em público a intervenção militar.

"O Brasil precisa que a inocência das crianças seja respeitada. Comigo, não vai ter essa história de gastar dinheiro público com picaretas, como fizeram nessas exposições de São Paulo e Porto Alegre", disse Bolsonaro. Em outro momento de seu discurso, o deputado defendeu a "flexibilização" do porte de armas.

+++ Interação de criança com homem nu gera polêmica após abertura de exposição no MAM

+++ Temer, Doria e Bolsonaro disputam fiéis em evento religioso

"Vamos flexibilizar muito o porte de arma no Brasil. Comigo não vai existir o politicamente correto. Vocês terão armas de fogo." Bolsonaro também exaltou a Polícia Militar em sua fala. Uma multidão se reuniu no aeroporto de Belém para receber o deputado. A manifestação causou tumulto no aeroporto e paralisou o trânsito no entorno.

+++ Anfitrião de Bolsonaro em Belém, deputado do PSD defende intervenção militar

Os manifestantes puxaram palavras de ordem contra Lula, o PT, Michel Temer e o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ). Após o discurso, o carro de som com Bolsonaro seguiu em carreata pelas ruas de Belém até um auditório.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.