Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Em Campo Grande, 15 mil protestam contra corrupção e governo

Fechou em 15 mil o número de participantes do protesto contra a presidente Dilma Rousseff na capital sul-mato-grossense. As duas pistas da avenida Afonso Pena, principal da cidade, foram tomadas por pedestres e também por clubes de jipeiros e motociclistas, carros e caminhões.

LUCIA MOREL, ESPECIAL PARA AE, Estadão Conteúdo

12 Abril 2015 | 21h13

O grupo saiu da Praça do Rádio Clube, no centro, e seguiu rumo ao Parque das Nações Indígenas. O protesto durou cerca de uma hora e meia e levou para as ruas a indignação popular contra a corrupção e as medidas econômicas consideradas prejudiciais ao País.

Muitas faixas e cartazes enfatizavam o mote do protesto e, durante todo o trajeto, pessoas coletavam assinaturas para um abaixo-assinado que pede o impeachment da presidente. O protesto terminou sem a ocorrência de nenhum incidente grave.

Mais conteúdo sobre:
protestosCampo Grande

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.