Em Brasília, manifestantes pedem 50% do fundo do pré-sal para educação

Protesto ocorreu durante a visita dos reis da Suécia, Carlos Gustavo XVI e Silvia Renate

estadão.com.br,

24 de março de 2010 | 13h16

 

Estudantes ligados à União de Juventude Socialista fizeram um protesto em frente ao Congresso Nacional nesta quarta-feira, 24, em Brasília, para pedir que 50% do fundo do pré-sal seja destinado para a educação. Os estudantes, que portavam faixas e cartazes, se jogaram no espelho d'água em frente ao prédio.

 

A manifestação ocorreu durante a visita dos reis da Suécia, Carlos Gustavo XVI e Silvia Renate, que naquele momento eram recebidos pelo presidente do Senado, Jósé Sarney, e pelo presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer.

 

Mais conteúdo sobre:
BrasiliaPre SalCongresso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.