Em BH, presidente faz desagravo a Pimentel

O presidente Lula disse ontem que o PT é grato ao prefeito petista de Belo Horizonte, Fernando Pimentel, que comprou uma briga interna com a Executiva Nacional do partido por se aliar ao governador Aécio Neves (PSDB) na eleição do seu sucessor. Oficialmente, Lula visitou pela manhã a capital mineira para participar da solenidade de inauguração de uma avenida e entrega de 88 apartamentos populares. No entanto, aproveitou o evento para fazer uma espécie de desagravo ao prefeito petista, que em janeiro deixa a administração municipal. "Eu vim aqui porque eu tenho gratidão com o Pimentel, acho que o PT tem gratidão com o Pimentel", discursou o presidente, que deu apoio ao polêmico acordo entre o prefeito petista e o governador tucano em torno da candidatura de Márcio Lacerda (PSB), eleito no segundo turno.Aliados de Pimentel têm pressionado por uma indicação do prefeito para um cargo no governo federal - especula-se muito a pasta do Turismo -, mas Lula não deu nenhum indício nesse sentido. Ao mesmo tempo, Pimentel, que mira a disputa pelo Palácio da Liberdade em 2010, é reticente sobre sua permanência no PT, afirmando que "pretende" continuar na legenda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.