Em BH e Recife, PSB amplia vantagem sobre o PT

Em capitais onde siglas romperam aliança, disputa registra avanços das candidaturas do partido de Eduardo Campos, segundo Datafolha

O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2012 | 11h11

Os candidatos do PSB às prefeituras de Belo Horizonte e Recife ampliaram a vantagem sobre os concorrentes petistas, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira, 12. As siglas romperam a aliança nessas capitais e lançaram candidatos próprios.

 

Em Belo Horizonte, com 49% das intenções de voto, Marcio Lacerda (PSB) abriu 18 pontos de vantagem sobre Patrus Ananias (PT), 2 pontos a mais, se comparado ao levantamento anterior, divulgado no fim de agosto. A pesquisa ouviu 948 eleitores, entre os dias 10 e 11, e tem 3 pontos percentuais de margem de erro, para mais ou para menos. O número de registro no TRE-MG é 00393/2012.

 

Na capital pernambucana, o candidato do PSB, Geraldo Julio, obteve 34% das intenções, contra 23% do petista Humberto Costa. Em relação à última pesquisa, o candidato do PT caiu 6 pontos e Geraldo Julio subiu de 29% para 34%. Daniel Coelho (PSDB) também registrou alta e passou de 12% para 19%. Com esse resultado, o tucano fica em empate técnico com Humberto Costa. Foram entrevistadas 959 pessoas, entre os dias 10 e 11 de setembro, e a margem de erro é de 3 pontos percentuais. O número de registro no TRE-PE é 00106/2012.

 

Rio de Janeiro. O candidato do PSOL na disputa pela prefeitura, Marcelo Freixo, manteve a trajetória de alta e registrou 18% das intenções de voto – 5 pontos acima em relação à última pesquisa. O candidato à reeleição, Eduardo Paes (PMDB), continua na liderança, com 54%. Os demais concorrentes, Rodrigo Maia (DEM) e Otavio Leite (PSDB), estão em empate técnico. O Datafolha ouviu 1.068 eleitores entre 10 e 11 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais e a pesquisa foi registrada sob o número 00083/2012 no TRE-RJ.

 

Porto Alegre. O candidato do PDT, José Fortunati, registrou 41% das intenções de voto, contra 30% da candidata Manuela D'Ávila (PC do B). No levantamento anterior, eles tinham 36% contra 32%, respectivamente. O petista Adão Villaverde manteve os 7%. A pesquisa ouviu 959 pessoas e a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O registro no TRE-RS é 00136/2012.

 

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012datafolhapsbpt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.