Em almoço, PP evita dar garantia de apoio a Dilma

O presidente do PP, senador Francisco Dornelles, não deu garantias de apoio amplo do partido à pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. Em almoço com a pré-candidata, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, e o ministro das Cidades, Márcio Fortes, Dornelles disse que a executiva do PP liberou os diretórios regionais para fazerem alianças com os partidos que acharem melhor, independente de ser oposição ou governo.

CAROL PIRES, Agência Estado

04 de maio de 2010 | 15h17

No final deste mês, os diretórios estaduais deverão informar a aliança que formaram e só então a cúpula do partido decidirá se apoiará um candidato à Presidência ou se ficará neutro nestas eleições. Na última consulta feita aos diretórios regionais do PP, 20 disseram ser favoráveis a Dilma enquanto sete manifestaram preferência por Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.