Em 1º dia de trabalho, Paes busca financiamento do BID

Prefeito foi visitar uma comunidade carente em Vila Kenedy, na zona oeste da cidade

Alexandre Rodrigues, de O Estado de S. Paulo,

02 de janeiro de 2009 | 16h44

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, acordou cedo no seu primeiro dia de trabalho e foi visitar uma comunidade carente em Vila Kenedy, na zona oeste da cidade. Paes prometeu ampliar a estação de tratamento de esgoto do bairro e afirmou que buscará uma série de financiamentos para aumentar a capacidade de investimentos da prefeitura. O novo prefeito tomou posse na quinta-feira, 1, prometendo uma economia da ordem de R$ 1,3 bilhão.   Veja também:  'Orçamento é uma peça de ficção', diz Eduardo Paes   Já no gabinete do centro administrativo da Cidade Nova, Paes recebeu o presidente do residente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luiz Alberto Moreno, para a sua primeira reunião de trabalho. Eles negociam um financiamento de US$ 300 milhões para a realização de obras de urbanização da terceira fase do Programa Favela-Bairro em até 30 comunidades carentes da capital fluminense.   "Vamos buscar todas as fontes de financiamento possíveis e imagináveis, externas, como o BID, ou internas, como os governos estadual e federal. Vamos fazer muita parceria, buscar muito financiamento para poder dar o máximo de serviços à população", disse Paes.

Tudo o que sabemos sobre:
Eduardo PaesBID

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.