Elite desceu ao degrau mais baixo, diz Genro

O prefeito dePorto Alegre, Tarso Genro (PT), afirmou, nesta sexta-feira, que o depoimento de Regina Célia Peres Borges, ex-diretora do Prodasen, é uma"prova fortíssima" para um pedido de cassação do mandato do líder do governo no Senado, José Roberto Arruda (PSDB-DF) edo senador Antonio Carlos Magalhães (PFL/BA)."Acho que pode haver cassação, mas depende de uma grande responsabilidade dos parlamentares, e o processo deve ser feitocom provas", disse ele, no lançamento do 2º Manifesto em Defesa do Brasil - Ciência e Tecnologia que aconteceu nesta sexta-feira naCâmara Municipal de São Paulo."Isso simboliza que a elite dirigente brasileira desceu ao degrau mais baixo", comentou. "Não se trata de partido, porque temgente honesta e desonesta em todos, sem exceção. Se trata da elite dirigente do País", destacou.O prefeito falou também que apesar de apoiar a candidatura do presidente de honra do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, paradisputar a presidencia em 2002, encara com naturalidade a candidatura do senador paulista Eduardo Suplicy para uma préviajunto com Lula."O partido não será prejudicado e deve encarar a vontade de Suplicy de maneira natural", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.