Eleitor que não votou tem até dia 25 para se regularizar

No próximo dia 25 vence o prazo para que o eleitor que não votou em três eleições consecutivas nem justificou a ausência - cada turno corresponde a uma eleição - regularize o título, sob pena de perdê-lo. No caso de outras situações, como, por exemplo, o eleitor que não votou em um ou dois turnos, ou mesmo três turnos intercalados, não há prazo-limite para a regularização.

AE, Agência Estado

08 Abril 2013 | 20h25

Na última semana, mais de 52 mil eleitores procuraram as 425 zonas eleitorais do Estado de São Paulo para regularizar o título. Só os cartórios da capital paulista atenderam cerca de 16 mil eleitores, mais de 66% do que recebem em dias normais.

São Mateus, uma das maiores zonas eleitorais da capital paulista, recebeu na última semana 470 eleitores. O chefe do cartório, Luiz Fernando Mesquita, disse que, desse total, são poucos os que realmente se encaixam no caso dos faltantes das últimas três eleições. "A maioria tem enfrentado fila de até três horas para transferência, alistamento e revisão de dados, procedimentos que poderiam ser feitos ao longo de todo o ano, sem fila."

Mais conteúdo sobre:
eleiçãotítuloregularização

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.