Eleitor escolhe 5.562 prefeitos neste domingo

Os brasileiros vão às urnas neste domingo escolher 5.562 prefeitos e 51.748 vereadores. Entre os 378.089 candidatos que disputam os votos de 119.820.376 eleitores há filiados de todos os 27 partidos.Entre os concorrentes há de médicos, advogados e diplomatas a donas de casa, empregados domésticos, coveiros, garis e guardadores de carros. Cerca de 2,8 mil prefeitos disputam a reeleição.Os graus de instrução são variados. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informam que pouco mais de um terço dos candidatos concluiu só ensino fundamental. Entre os concorrentes, 4,8% afirmaram saber ler e escrever e 27,4% disseram ter o ensino médio. Apenas 15,7% têm formação superior.Uma das principais polêmicas deste processo eleitoral, até o momento, ocorreu por causa do grau de instrução dos candidatos. Juízes de várias cidades aplicaram testes para verificar casos de analfabetismo ? a lei não permite que sejam candidatos.Políticos cortados da disputa por supostamente não saberem ler nem escrever recorreram, e ainda há 45 casos pendentes no TSEOs prefeitos de 5.494 municípios devem ser definidos no domingo. Nas 68 cidades que têm mais de 200 mil eleitores, pode ocorrer segundo turno no dia 31. Nesses municípios, para ser eleito já no primeiro turno o candidato tem de conseguir a maioria absoluta dos votos.Em quatro capitais é certo que não haverá segundo turno: Rio Branco (179.865 eleitores), Macapá (193.475), Boa Vista (144.465) e Palmas (112.124). Distrito Federal e Fernando de Noronha não têm eleição.Serão usadas 406.746 urnas eletrônicas. Voto em papel, só se for impossível repor as máquinas. O TSE estima que até meia-noite do domingo 90% dos votos estejam apurados.Para reforçar a segurança, o TSE autorizou o envio de tropas federais para 332 cidades em 10 Estados. Soldados do Exército atuarão em três aldeias indígenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.