Facebook Major Vitor Hugo/Reprodução
Facebook Major Vitor Hugo/Reprodução

Eleito pela primeira vez, major será líder na Câmara dos Deputados

Vitor Hugo era consultor legislativo na área de segurança pública e defesa nacional; ele foi aluno dos generais Augusto Heleno e Santos Cruz, atuais ministros

Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2019 | 11h17

Eleito pela primeira vez para exercer o mandato de deputado federal, o Major Vitor Hugo (PSL-GO), de 41 anos, será o líder do governo na Câmara dos Deputados a partir de fevereiro. O anúncio foi feito na segunda-feira, 14, pelo presidente Jair Bolsonaro em sua conta no Twitter. “Comunico que a Liderança do Governo na Câmara será exercida pelo Deputado Federal Major Vitor Hugo (PSL/GO), advogado e consultor legislativo concursado desde 2015”, escreveu Bolsonaro em sua rede social. 

Na sequência, o deputado eleito respondeu, também pela rede social, ao presidente. “Um grande desafio!! Obrigado, 01, pela confiança! Força!”, escreveu. O 01 é uma referência a Bolsonaro. Na segunda, Vitor Hugo se encontrou com Bolsonaro pela manhã no Palácio do Planalto. Também esteve com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Ao Estadão/Broadcast, Vitor Hugo afirmou que os projetos gestados pelo governo poderão ser discutidos previamente com os deputados para que, ao ser enviado para o Congresso, o texto já seja conhecido pelos parlamentares. A dinâmica, no entanto, não alteraria o trâmite processual normal das matérias na Câmara.

"Vamos envolver o máximo de pessoas já durante a elaboração das propostas, ainda no Executivo, para que ela chegue ao Congresso com um debate iniciado, que já se considere o componente político na elaboração das propostas", afirmou. 

Sobre o fim do chamado "toma lá, dá cá", o deputado eleito afirma que o desafio é do Brasil inteiro e não apenas dele enquanto líder do governo. "Como é o País inteiro que tem ânsia por isso, a gente imagina que, embora seja desafiador, existe uma pré-disposição de todos, inclusive dos parlamentares", disse.

Mestre em Operações Militares pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais do Exército e bacharel em Ciências Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras, Vitor Hugo estava lotado na Consultoria Legislativa da Câmara, na área de segurança pública e defesa nacional. Ele foi aluno dos generais - e atuais ministros - Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Carlos Alberto Santos Cruz (Governo), na escola de cadetes.

Também atuou como observador militar da Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim (ONUCI) entre 2008 e 2009. Ao líder do governo cabe articular com as bancadas aliadas a votação de projetos de interesse do Planalto. Somente seu partido, o PSL, elegeu 52 deputados para a próxima legislatura, a segunda maior bancada. Ficou atrás do PT, com 56 eleitos.

Major Vitor Hugo foi eleito em outubro do ano passado com 31.190 votos, de acordo com dados da Justiça Eleitoral.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmara dos DeputadosMajor Vitor Hugo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.