Eleições para prefeito de Campos vão a segundo turno

As eleições para prefeito de Campos, no norte fluminense, terão segundo turno. O candidato do PMDB, Geraldo Pudim, apoiado pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, teve 99.002 votos (42,99% dos votos válidos) e vai disputar com o atual prefeito, Alexandre Mocaiber (PDT), que teve 93.628 votos (39,99%).Pudim disputou as eleições para a Prefeitura em 2004 e perdeu para Carlos Alberto Campista (PDT), que, no entanto, foi cassado por irregularidades na campanha. Pelo mesmo motivo, a juíza Denise Appolinária condenou também Pudim, Garotinho e sua esposa, a governadora Rosinha, à inelegibilidade.No entanto, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Estado deu ganho de causa aos recursos dos três no ano passado. Agora, o Ministério Público está recorrendo ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para voltar a tornar o casal Garotinho e Pudim inelegíveis.Caso o TSE confirmar a decisão da primeira instância, as atuais eleições em Campos ficam anuladas e Garotinho fica fora da disputa nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.