Reuters e Estadão
Reuters e Estadão

Eleições 2022: Lula tem 43% das intenções de voto, Bolsonaro 28%; Moro e Ciro, 8%, diz Ipespe

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira mostra poucas alterações na disputa eleitoral; margem de erro é de 3,2 pontos

Giordanna Neves, O Estado de S.Paulo

11 de março de 2022 | 11h35

Pesquisa Ipespe divulgada nesta sexta-feira, 11, mostra poucas alterações na disputa pelo Palácio do Planalto, embora o presidente Jair Bolsonaro siga oscilando positivamente, em trajetória de alta. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) continua na liderança, com 43% das intenções de voto no levantamento estimulado, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que está no segundo lugar, com 28%.

O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) estão empatados na disputa pelo terceiro lugar. Ambos têm 8% das intenções de votos. A margem de erro da mostra é de 3,2 pontos porcentuais para mais ou para menos. De acordo com o relatório de análise da pesquisa, contratada pela XP Investimentos, o levantamento "registra Bolsonaro voltando para perto de seu melhor patamar na disputa eleitoral. (...) o presidente subiu de 26% há duas semanas para 28% agora. A despeito do movimento ter sido dentro da margem de erro, houve crescimento de 4 pontos porcentuais na comparação com as pesquisas realizadas em dezembro e janeiro". 

João Doria (PSDB) segue em quinto lugar, com 3% das intenções de votos. Já Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) têm 1% cada. Eduardo Leite (PSDB) também ficou com 1% da preferência dos entrevistados. Ontem (10), após a desistência do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) na disputa, o governador do Rio Grande do Sul, que é visto como "plano B" pelo PSD, sinalizou que a decisão sobre se candidatar à Presidência virá nas próximas semanas.

Diferentemente da última pesquisa divulgada, o pré-candidato do Novo, Felipe d’Ávila (Novo), que tinha acumulado 1% das intenções de voto, não pontuou nesta pesquisa. Alessandro Vieira (Cidadania) também foi citado, mas não pontuou.

Brancos e nulos foram 7% e não sabem ou não responderam foram 2%.

Segundo turno

Nas projeções para segundo turno, Lula manteve a liderança. Contra Bolsonaro, o petista teria 53% dos votos e o atual presidente, 33%. Em um suposto segundo turno com Moro, Lula registra 51% e o ex-ministro, 30%. Contra Eduardo Leite, o ex-presidente fica com 55% e o governador, 17%. Na disputa contra Doria, Lula tem 53% e o tucano, 18%. Já contra Ciro, o petista atinge 50% das intenções e o pedetista 25%.

Em um cenário com Moro e Bolsonaro no segundo turno, o ex-juiz e o presidente ficam empatados com 33%. Contra Ciro, Bolsonaro teria 36% e o ex-governador cearense, 47%. Já em um cenário com Doria, o tucano tem 38% e Bolsonaro, 37%. Em um segundo turno com Leite, Bolsonaro fica à frente com 40% e o governador gaúcho, 35%.

Rejeição

O levantamento indica que 52% dos entrevistados classificam o governo Bolsonaro como "ruim ou péssimo" e 27% consideram como "ótimo ou bom". Em relação à aprovação do mandato, 63% desaprovam o seu governo, enquanto 32% aprovam.

O Ipespe ouviu mil eleitores entre segunda-feira e quarta-feira. A margem de erro é de 3,2 pontos porcentuais e o índice de confiança é de 95,5%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-03573/2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.