Eleição transcorre em clima de normalidade no Acre

Até o momento, as eleições em Rio Branco, capital do Acre, transcorrem sem qualquer problema grave. As principais lideranças da Frente Popular de Rio Branco, coligação que apoia o candidato petista Marcus Alexandre, votaram pela manhã. O candidato da coligação Produzir para Empregar, Tião Bocalom, do PSDB, votou na sede do Incra.

ITAAN ARRUDA, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 14h13

A última pesquisa Ibope/Rede Amazônica registrou uma diferença de seis pontos porcentuais em favor do petista Marcus Alexandre. E nas ruas o que se vê é uma disputa acirrada.

Uma diferença evidente em relação ao primeiro turno diz respeito à manifestação de apoio a um ou outro candidato. Agora, os eleitores declaram abertamente sua intenção de voto, diferente do último pleito. Outra diferença é que as ruas da cidade estão menos sujas.

O Tribunal Regional Eleitoral espera concluir as eleições antes das 9 horas da noite. O trabalho foi agilizado porque só há dois locais de difícil acesso neste segundo turno. Diferente da eleição do primeiro turno, com 229 urnas localizadas em áreas isoladas. No Acre, somente Rio Branco, com 226 mil eleitores, tem a possibilidade de ter segundo turno.

Tudo o que sabemos sobre:
eleição 2012ACRio Branco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.