Eleição para sucessão de Arruda no DF terá sete candidatos

Câmara homologa candidaturas para vaga ocupada interinamente por Wilson Lima; pleito será no sábado

estadão.com.br

13 de abril de 2010 | 14h06

A Câmara Legislativa anunciou nesta terça-feira, 13, a homologação de sete das nove chapas inscritas para o processo de eleição indireta ao governo do Distrito Federal. As sete chapas escolhidas, segundo a Mesa Diretora da Casa, preencheram todos os requisitos para concorrer ao mandato-tampão. A eleição está marcada para as 15h deste sábado, 17, no Plenário da Câmara.

 

Veja também:

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gifJosé Roberto Arruda deixa a prisão em Brasília

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gifComposição da CPI no DF muda novamente

https://www.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/especial_azul.gifEntenda a operação Caixa de Pandora

 

Com essa decisão, os candidatos à suceder do governador cassado José Roberto Arruda serão: Aguinaldo de Jesus (PRB), Luiz Filipe Coelho (PTB), Antonio Ibañez Ruiz (PT), Rogério Rosso (PMDB), José Messias de Souza (PC do B), Nilton Reis (PV) e Wilson Lima (PR). Ficaram de fora as candidaturas do PSL/PTN e do PRTB, que havia pedido na segunda-feira, 12, a substituição do nome do seu candidato.

 

O presidente em exercício da Câmara, deputado Cabo Patrício (PT), disse que os parlamentares decidiram flexibilizar o tempo de filiação partidária, após consultar o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). "Esta é uma eleição excepcional, de forma que, para assegurar ampla competitividade, foram aceitas as candidaturas de todos que estariam em condições de participar das eleições de outubro", explicou.

 

Para Patrício, não há favoritos na disputa ao cargo, que na atualidade é ocupado interinamente por Wilson Lima. "Os candidatos vão ter que correr atrás do voto dos deputados."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.