Eleição fora de época em Alagoas terá tropas federais

A Justiça Eleitoral de Alagoas vai pedir ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o envio de tropas para reforçar a segurança na eleição para prefeito de Roteiro, a 78 quilômetros de Maceió, em 3 de dezembro. O prefeito Val do Agenor (PMDB) foi assassinado em setembro. Eleito como vice, ele tomou posse com a renúncia do titular, dois meses após a posse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.