Eleição de Dilma tem 'imenso simbolismo', diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que transmitir a faixa à presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), tem "imenso simbolismo". Em pronunciamento à Nação brasileira, Lula destacou que será "será motivo de grande satisfação" passar a faixa, no próximo dia 1º de janeiro, à primeira mulher eleita presidente da República. "Tenho perfeita consciência do imenso simbolismo desse ato", enfatizou.

SANDRA MANFRINI E LUCI RIBEIRO, Agência Estado

05 de novembro de 2010 | 20h25

Lula afirmou que esse ato vai mostrar ao mundo e aos próprios brasileiros que "somos um País com instituições consolidadas, capazes de absorver mudanças e progressos". "Simbolicamente estaremos proclamando ainda que ninguém é melhor do que ninguém", disse.

Ele afirmou ainda que o resultado das eleições deixa claro que, no Brasil, "não importam as diferenças de origem social, de sexo, de sotaque ou de fortuna". "Somos todos brasileiros", disse. "E todos devem ter oportunidades iguais, o direito a sonhar com dias melhores e o apoio para melhorar sua vida e a de sua família", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.