Ele quer provar que é filho de banqueiro

Uma ação de reconhecimento de paternidade em que José Roberto Pacheco tenta provar ser filho do banqueiro e embaixador Walther Moreira Salles, falecido em fevereiro deste ano, está na 10ª Vara de Família do Tribunal de Justiça do Rio desde o início da semana.José Roberto é filho de Maria Pacheco, ex-funcionária do Instituto Brasileiro do Café (IBC), que teria conhecido Salles no fim dos anos 50 e mantido um romance com ele durante 10 anos.Maria falou nesta quinta-feira com a reportagem e confirmou a existência da ação, mas recusou-se a dar mais detalhes sobre o assunto.Os advogados de Pacheco, Sérgio Bermudes, Marcelo Fontes e Marco André Alencar, também não falam sobre a ação, alegando sigilo de Justiça para assuntos de Vara de Família.O relacionamento de Maria Pacheco e Salles teria começado quando ele era embaixador do Brasil nos Estados Unidos, e ela, funcionária do escritório do IBC em Nova York.O romance teria durado até o fim dos anos 60 e, nas idas e vindas da história, ela se casou com José Ildelfonso Pacheco, também funcionário do órgão, que morreu em abril deste ano, pensando ser pai de José Roberto.Maria e Pacheco tiveram outros filhos, que desconheciam o relacionamento anterior com Salles.Os quatro filhos de Walther Moreira Salles não se pronunciaram sobre o assunto até o fim da tarde desta quinta. Segundo a assessoria deles, Walther Salles Júnior está fora do País, finalizando o filme "Abril Despedaçado", e Pedro Moreira Salles, não está em São Paulo, onde mora.Os outros dois irmãos, João e Fernando (este, do primeiro casamento do banqueiro) não foram encontrados. O Tribunal de Justiça também não dá informações sobre o processo, alegando a proibição legal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.