Efraim diz que Silvio Pereira será preso se não for à CPI

O presidente da CPI dos Bingos, senador Efraim Morais (PFL-PB), disse nesta segunda-feira que, se o ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira, o "Silvinho", não comparecer por iniciativa própria à CPI, vai usar as prerrogativas da comissão e mandar prendê-lo. "Ele virá à CPI de qualquer maneira, nem que seja preso. Se não aparecer, vou usar as prerrogativas da CPI e mandar prendê-lo. O sr. Sílvio Pereira não vai desmoralizar o Congresso Nacional e a CPI", disse Efraim. O senador afirmou que a CPI dos Bingos "tem tudo a ver" com a investigação do valerioduto. "Se o empresário Marcos Valério dominava as finanças do PT, o Sílvio Pereira era dirigente do partido, e se houve contribuição dos bingos para a campanha do PT em 2002, a CPI tem tudo a ver com isso", argumentou o senador. Efraim informou que aguarda uma resposta da Polícia Federal, acionada por ele para levar a convocação da CPI a Sílvio Pereira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.