Eduardo Jorge ganha ação contra revista

O Superior Tribunal de Justiça condenou ontem a revista Veja a pagar R$ 150 mil ao ex-secretário da Presidência da República Eduardo Jorge por danos morais. A revista deverá ainda publicar a íntegra da decisão, que tem 20 páginas. Os ministros consideraram que as reportagens da revista, entre 2000 e 2002, foram ofensivas à sua honra. O Ministério Público denunciou à época que ele teria envolvimento no desvio de R$ 169 milhões da obra do Fórum Trabalhista da Barra Funda, em São Paulo. As acusações foram arquivadas depois por falta de provas contra Eduardo Jorge.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.