Eduardo Campos encontrará Lula no dia das prévias do PSDB

Em pauta, ex-presidente pretende negociar o apoio do PSB à campanha do PT nas eleições em SP

Daiene Cardoso e Elizabeth Lopes, Agência Estado

22 de março de 2012 | 16h59

SÃO PAULO - No dia em que o PSDB fará prévias para escolher seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo no próximo domingo, 25, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva receberá em seu apartamento, em São Bernardo do Campo, o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Em pauta, o apoio do PSB na campanha municipal em São Paulo. A sigla vem sendo muito disputada tanto por petistas quanto por tucanos, que avaliam o apoio do PSB como fundamental numa campanha que promete ser muito acirrada.

Apesar do PSB integrar a base aliada do governo da presidente Dilma Rousseff, no Estado de São Paulo, a legenda compõe o governo tucano de Geraldo Alckmin. O presidente do PSB paulista, Márcio França, é secretário estadual de Turismo e, caso a legenda feche aliança com o PT de Fernando Haddad, poderá ter de deixar o governo paulista.

Após o resultado das prévias do PSDB, neste domingo, eleição interna que é disputada pelo ex-governador José Serra, pelo secretário de Energia, José Aníbal, e pelo deputado federal Ricardo Trípoli, os tucanos partem para as conversações em torno das alianças que serão fechadas para este pleito. Nos bastidores, a expectativa é de que Serra vença a disputa e por ser um nome de amplitude nacional, reúna um número maior de partidos em torno de sua candidatura.

As prévias tucanas serão feitas com os filiados da sigla,das 9 às 15 horas, numa eleição que terá urna eletrônica em cada um dos 58 postos de votação na Capital. Os filiados deverão levar documento com foto. O resultado da apuração deverá sair por volta das 16 horas e após o anúncio do vencedor, os três concorrentes deverão fazer um pronunciamento, na Câmara Municipal de São Paulo, para dizer que o partido segue unido nesta eleição à sucessão do prefeito Gilberto Kassab (PSD).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.