Eduardo Campos cumprimenta Dilma pela 'disposição para diálogo'

Governador de Pernambuco ligou para a presidente logo após pronunciamento em rede nacional

Elizabeth Lopes, Agência Estado

21 Junho 2013 | 22h40

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), potencial candidato às eleições presidenciais do ano que vem, telefonou para a presidente Dilma Rousseff assim que terminou seu pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite desta sexta-feira (21). "Foi importante ela ter falado. A população estava esperando a palavra dela", frisou o governador, em nota distribuída por sua assessoria de imprensa.

Segundo a assessoria de Campos, ele telefonou imediatamente para a presidente para cumprimentá-la pela iniciativa. "A disposição para o diálogo com os poderes, governos locais e população foi importante", comentou o governador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.