Edmar Moreira pede arquivamento do processo contra Mentor

O relator do processo de cassação movido contra o deputado José Mentor (PT-SP) no Conselho de Ética da Câmara, deputado Edmar Moreira (PFL-MG), vai pedir o arquivamento da ação. No seu relatório de 13 páginas, cuja leitura foi retomada na sessão do Conselho, Moreira argumenta que não ficou caracterizada quebra de decoro parlamentar ou qualquer infringência à Constituição ou ao Código de Ética por parte de Mentor, vez que não ficou caracterizado que ele tenha auferido vantagem indevida em função do cargo de parlamentar.Mentor é acusado de ter recebido R$ 120 mil de empresas do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, tido como operador do mensalão, mas argumenta que o dinheiro foi recebido por seu escritório de advocacia, por serviços advocatícios prestados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.