Edinho Silva diz que PSDB vive pior momento em SP

Ao dizer que o PT nunca esteve tão preparado para ganhar o governo de São Paulo, o presidente do partido em São Paulo, deputado Edinho Silva, teceu duras críticas ao PSDB, dizendo que o partido adversário "vive o pior momento no Estado de São Paulo". "A segurança pública está desmantelada, o governo estadual, em vez de fortalecer os municípios, na área da saúde, fica montando estruturas paralelas, monta centro de excelência para aparecer na televisão, mas não investe na rede básica", ressaltou. O PT realizou ontem (13) sua plenária, no Sindicato dos Químicos, na Capital.

ELIZABETH LOPES, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 15h53

O deputado também fez críticas ao modelo de educação do governo paulista e à política de pedagiamento. "Se o PSDB não atende aos anseios da sociedade, o PT pode formular um programa de governo que abarque essas políticas. É chegada a hora de ganhar no Estado. Para isso, precisamos mostrar nossa capacidade de organização, de construção de uma política de alianças e de dialogarmos com os movimentos sociais", destacou.

Além de criticar o PSDB, o deputado também fez um mea-culpa, dizendo que o PT precisa criar as condições políticas para que as bandeiras da presidente Dilma Rousseff possam se tornar reformas efetivas para a sociedade brasileira. "E para isso o PT precisa ir para as ruas, não pode ficar em casa, encastelado. Precisa liderar a defesa das reformas propostas pela presidenta Dilma", frisou.

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBPTEdinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.