Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Edinho diz que Mercadante foi mal interpretado e que Temer é 'fundamental'

'Em momento algum se questionou o papel do vice-presidente', afirmou o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência

José Roberto Castro, O Estado de S. Paulo

11 de junho de 2015 | 16h20

São Paulo - O ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência, Edinho Silva, elogiou nesta quinta-feira, 11, a atuação do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), no comando da articulação política do governo. O vice esteve envolvido em uma polêmica com o ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que queria que o governo voltasse a ter um titular na Secretaria de Relações Institucionais, que antes cuidava da articulação. Segundo Edinho, Mercadante foi "mal interpretado" e não há a intenção de tirar poder de Temer.

"Em momento algum se questionou o papel do vice-presidente Michel Temer", disse Edinho ao Broadcast Político. "É consenso no governo que hoje o vice-presidente é fundamental e graças à sua capacidade de articulação estamos vivendo um momento tão importante com o Congresso e principalmente na consolidação da base de apoio", completou.

Titular da Casa Civil, Mercadante tinha papel significativo na articulação política antes de o papel ser entregue a Temer. Segundo Edinho, Mercadante foi mal interpretado em sua "preocupação que a SRI fosse mais bem estruturada para atender demandas legítimas dos parlamentares".

O ministro da Secretaria de Comunicação participou na manhã desta quinta-feira, 11, em São Paulo de um encontro com blogueiros de esquerda na sede do Coletivo de Mídia Alternativa Barão de Itararé. O Broadcast Político não foi autorizado pelos anfitriões a participar da reunião.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.