Edição Diário Oficial traz exoneração de Pires 'a pedido'

A saída do ministro da Defesa gerou informações desencontratadas na Presidência na última quarta-feira

Rosana de Cassia, da Agência Estado,

26 de julho de 2007 | 14h44

Atendendo a solicitação do ex-ministro da Defesa, Waldir Pires, o governo publicou em edição extra do Diário Oficial da União, com data da última quarta-feira, 25, o decreto de exoneração "a pedido". A saída de Pires do cargo gerou uma série de informações desencontradas dentro da própria presidência da República.   Inicialmente, a Secretaria de Imprensa da Presidência informou que Pires entregou o cargo e, em seguida, que o presidente Lula é que teria pedido ao ministro que deixasse o ministério. Mais tarde corrigiu a informação, afirmando que Pires é que teria pedido demissão.   A preocupação de Pires, segundo fontes do governo, foi deixar claro que a perda do cargo não decorreu de uma ruptura com o governo. Na mesma edição do D.O. foi publicado também o decreto que nomeia o novo ministro da Defesa, Nelson Jobim.

Tudo o que sabemos sobre:
Waldir Pires

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.