'É uma turba de caluniadores', diz Yeda Crusius no Roda Viva

Governadora aproveitou programa para atacar a ação do Ministério Público Federal, que tachou de 'midiática'

Rodrigo Alvares, do estadao.com.br,

05 Outubro 2009 | 21h11

Indagada sobre os resultados de uma pesquisa que revelou rejeição de 74% ao seu governo, divulgada nesta segunda-feira, 5, a governadora Yeda Crusius (PSDB-RS) respondeu, no programa Roda Viva, da TV Cultura, que a população ainda sente grande carinho por ela. Afirmou que as denúncias vêm de um "mercado de escândalos".

 

"Essa técnica assassina moralmente as pessoas", declarou. "É uma turba de fofoqueiros, de caluniadores", reagiu a governadora, sobre os adversários. "Acho que eu mexi com muitos interesses e hábitos arraigados dos quais não participava."

 

Ela aproveitou o tempo no programa, que teve a participação do editor de Nacional do Estado, Cláudio Augusto, para atacar a ação do Ministério Público Federal, que tachou de "midiática". Confrontada com a série de denúncias levantadas pelos jornalistas e internautas, Yeda chegou a usar um tom mais belicoso contra a bancada.

 

"Eu trouxe para o RS uma polarização que é nacional: do PSDB e do PT", disse ela. Por fim, a tucana não admitiu a hipótese de recuar da candidatura à reeleição. "Sou pré-candidata. As ruas estão me dizendo que vou largar na frente."

 

Veja Também

linkYeda Crusius é desaprovada por 74% dos gaúchos, diz Ibope

Mais conteúdo sobre:
Yeda Crusius PSDB Rio Grande do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.