Divulgação
Divulgação

É impossível eu ser candidato à Presidência da República, diz Joaquim Barbosa

Ex-presidente do STF diz que é um 'outsider' da política e que seria 'massacrado' se resolvesse entrar para a disputa em 2018

Fernanda Guimarães e Francisco Carlos de Assis, O Estado de S. Paulo

29 de agosto de 2015 | 11h07

Campos de Jordão - O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, classificou, neste sábado, 29, como "impossível" uma candidatura dele à Presidência da República. “Olhe para mim, para esse meu jeitão, essa minha franqueza, meu modo de dizer as coisas, a minha transparência... Eu seria massacrado se resolvesse entrar na briga pela Presidência da República, a começar pelos políticos, eles não gostam de outsiders, e eu sou um outsider”, disse.

Barbosa disse que ele segue na vida pública “dialogando com as pessoas”. “Estou conhecendo um Brasil que não conhecia. Tem sido muito gratificante", disse, no 7º Congresso Internacional de Mercados Financeiro e de Capitais, organizado pela BM&FBovespa. Após finalizar sua palestra, Barbosa foi aplaudido de pé pelos presentes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.