Duda Mendonça pode ter alta até domingo

O publicitário Duda Mendonça, que passou por uma cirurgia de revascularização do miocárdio no dia 1º de novembro, deixou nesta quinta-feira a unidade cardiológica do Hospital Sírio-Libanês. De acordo com a assessoria de imprensa do estabelecimento, ele continua em recuperação no quarto do hospital e poderá receber alta médica até o próximo domingo (12).O quadro clínico do publicitário evolui bem, segundo a assessoria. Ele está consciente, alimenta-se normalmente e tem recebido visita de familiares.A cirurgia realizada na semana passada foi indicada após diagnóstico de lesões de artérias coronárias sem lesão miocárdica ou enfarte. O paciente encontra-se sob os cuidados do cardiologista Roberto Kalil Filho e do cirurgião cardiovascular Fábio Jatene.Após idealizar as campanhas eleitorais do ex-prefeito da capital paulista Paulo Maluf na década de 90, Duda Mendonça foi o responsável pelo marketing da campanha de eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2002, quando foi criado o slogan "Lulinha paz e amor". No ano passado, no auge do escândalo do "mensalão", ele admitiu à CPI dos Correios que recebeu dinheiro de caixa 2 do empresário Marcos Valério, por meio de conta sediada em paraíso fiscal, por conta de serviços prestados na campanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.