Duas pesquisas comprovam queda da popularidade de Lula

As duas pesquisas de opinião realizadas neste mês - CNT/Sensus e CNI/Ibope - foram coincidentes ao apontar queda na popularidade do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e na avaliação de seu governo. O desempenho pesssoal de Lula caiu para 54% ante 64% em maio, no levantamento do Instituto Sensus, e tmbém o Ibope, na pesquisa divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontou que 54% dos entrevistados confiam em Lula, enquanto 43% não confiam. Em março do ano passado, no início do governo Lula, a confiança no presidente era de 80%. Segundo diretores da CNI, pela primeira vez desde a posse do presidente, o porcentual dos que afirmam não confiar em Lula (43%) se aproxima do daqueles que confiam nele (54%).Em março de 2004, 60% confiavam e 36% não confiavam. Na semana passada, a pesquisa CNT/Sensus mostrou queda de 5,2 pontos na avaliação do governo, que passou de 34,6% em maio para 29,4% em junho. Pela pesquisa CNI/Ibope, 29% consideram o governo ótimo e bom e 26% , ruim e péssimo, enquanto 42% o consideram regular. Na avaliação da CNT/Sensus, 44% consideraram o governo regular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.