Drogas e ação em CPI dominam debate do Rio

No primeiro debate de TV da eleição carioca, os candidatos Eduardo Paes (PMDB) e Fernando Gabeira (PV) tiveram discussões tensas em torno de temas como a prisão de políticos peemedebistas e a legalização das drogas, antiga bandeira do deputado verde. O debate foi promovido pela Rede Bandeirantes.Paes associou Gabeira ao prefeito Cesar Maia, que manifestou apoio ao PV no segundo turno, enquanto Gabeira ironizou o fato de o adversário, quando estava no PSDB, ter sido ferrenho adversário do presidente Lula e agora buscar o apoio do petista. Paes enfatizou a defesa de legalização das drogas feita pelo candidato do PV durante muitos anos: "Nossa visão é que tem de combater a droga e o candidato Gabeira tem visão diferente." Gabeira respondeu dizendo que foi condecorado pelo governo Lula pela "busca por uma política adequada de drogas". Gabeira cobrou de Paes informações sobre a carta enviada à primeira-dama, Marisa Letícia, pedindo desculpas pelos ataques que fez ao presidente Lula e a seu filho Fábio Luiz Lula da Silva, durante a CPI dos Correios, quando era deputado do PSDB e da linha de frente da oposição. "Foi um pedido de desculpas que fiz a uma mãe", disse o ex-tucano. Pela manhã, Gabeira participou da 13ª Parada do Orgulho GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros), na Praia de Copacabana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.