Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Doria rebate críticas de Lula

Prefeito de São Paulo chama ex-presidente de 'covarde, mentiroso e desinformado' por não saber que tucano tem carteira de trabalho

O Estado de S.Paulo

07 de maio de 2017 | 18h40

O prefeito João Doria (PSDB) respondeu novamente às ofensas que recebeu do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante o Congresso do PT, realizado na semana passada, em São Paulo. No evento, Lula criticou Doria e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), nomes que aparecem nas pesquisas de intenções de voto para a Presidência, em 2018.

O ex-presidente declarou que o surgimento “de um fascista que é o Bolsonaro” é resultado da “destruição da política” causada pela Lava Jato. Sobre Doria, o petista afirmou: “Um coxinha ganhou as eleições em São Paulo se fazendo passar por ‘João Trabalhador’. Se alguém encontrar com ele pergunte se já teve uma carteira assinada na vida”.

Em resposta, Doria postou um vídeo no Facebook respondendo às afirmações que já conta com mais de 5 milhões de visualizações. Neste domingo, 7, em mais uma etapa do Programa Mutirão Mario Covas, em São Mateus, na zona leste, o prefeito afirmou que " o ex-presidente, além de covarde e mentiroso, é desinformado, porque eu tenho carteira de trabalho, fui registrado e já tinha mostrado no Dia do Trabalho. Mas, no Dia do Trabalho, ele não trabalha. Aliás, todo 1.º de Maio é como todo dia dele, porque ele nunca trabalhou nos últimos anos. Eu faço ao longo da minha vida o que o Lula não fez na dele: trabalhar e honestamente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.