Paulo Giandalia/Estadão
Paulo Giandalia/Estadão

Em pesquisa eleitoral para governador de SP, Doria lidera disputa

Apesar de ter 29% das intenções de voto no Estado e 24% na capital, tucano é rejeitado por quase metade dos eleitores da cidade de São Paulo; veja mais detalhes sobre a última pesquisa em relação às eleições 2018 para governador de São Paulo

João Paulo Nucci, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2018 | 01h27

SÃO PAULO - O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) lidera a corrida pelo governo do Estado, segundo levantamento Datafolha divulgado na madrugada desta segunda-feira, 16. Na pesquisa eleitoral para governador de São Paulo, o tucano é seguido por Paulo Skaf (MDB), presidente da Fiesp, que ocupa a segunda posição.

Veja números da pesquisa para governador de São Paulo

O Datafolha apontou que Doria tem 29% das intenções de voto, à frente do presidente da Fiesp, Paulo Skaf (MDB), com 20%; do atual governador de São Paulo, Márcio França (PSB), com 8%. O ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), apareceu com 7% na pesquisa para governador de São Paulo.

++ Eleições 2018: conheça os pré-candidatos à Presidência da República

Doria e Skaf, no entanto, também têm os maiores índices de rejeição nas eleições 2018 para o Governo. O levantamento revelou que,  no Estado, 34% do eleitorado diz que não votaria "de jeito nenhum" no presidente da Fiesp e 33%, no ex-prefeito paulistano. Marinho tem 27% e França, 22%. 

+++ Após prisão, Lula perde votos; Marina e Bolsonaro se aproximam, diz Datafolha

A pesquisa para governador de São Paulo mostra que a desaprovação ao tucano na capital disparou depois da renúncia à Prefeitura: 49% dos eleitores de São Paulo rejeitam a possibilidade de escolhê-lo para governar o Estado. No interior, a rejeição cai para 25%. A intenção de voto em Doria também diverge entre a capital, de 24%, e o interior, de 30%.

Doria tem maior preferência entre os homens e os eleitores com maior renda, segundo a pesquisa eleitoral para governador de São Paulo. Enquanto 35% dos homens votariam no ex-prefeito nas eleições 2018, 24% das mulheres fariam a mesma opção. Dentre os mais ricos, 39% diz que vai votar no tucano; na camada mais pobre, que recebe até dois salários mínimos por mês, ele é preferido por 24%.

+++ Pesquisa eleitoral repercute entre partidos e pré-candidatos

A pesquisa Datafolha ouviu 1.954 eleitores em 68 municípios paulistas, entre os dias 11 e 13. O levantamento sobre as eleições 2018 foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número SP 04706/2018. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.