Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Doria dá 'apoio total' a Marconi Perillo para presidir PSDB

Futuro presidente do PSDB terá papel determinante na escolha do candidato do partido ao Planalto em 2018

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

22 Agosto 2017 | 09h32

O prefeito João Doria disse ao Estado que apoia o nome do governador de Goiás Marconi Perillo para presidir o PSDB. A convenção nacional do partido está marcada para dezembro. O presidente interino da sigla, senador Tasso Jereissati (CE), é pressionado pelo grupo do senador Aécio Neves (MG), presidente licenciado, a deixar o comando partidário

"Apoio total a Marconi Perillo para presidir o PSDB. Sem ferimentos a ninguém", disse Doria.

O prefeito da capital também defende a antecipação da convenção nacional para outubro. A proposta, porém, não tem respaldo na executiva tucana. Pelo calendário apresentado pelo partido, as convenções municipais tucanas acontecerão em outubro, as estaduais em novembro e finalmente as nacionais em dezembro. 

Jereissati já disse a aliados que apoia a candidatura do governador Geraldo Alckmin à presidente em 2018. A ala do PSDB que defende o rompimento com o governo Michel Temer (PMDB) quer que Jereissati permaneça no comando do partido em caráter definitivo depois da convenção. 

O novo presidente do PSDB terá papel determinante na escolha do candidato presidencial. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.