Dom Paulo e padre Júlio Lancelotti vão ao Incor

Políticos e amigos do governador licenciado de São Paulo, Mário Covas, continuam chegando ao Instituto do Coração (Incor), do Hospital das Clínicas, onde está internado desde a noite do domingo. O Cardeal Emérito de São Paulo, Dom Paulo Evaristo Arns, esteve há pouco no Incor e disse que veio para dar conforto à família do governador. O padre Júlio Lancelotti, da Pastoral do Menor, também passou pelo hospital, acompanhado de três crianças para prestar solidariedade aos familiares de Covas. Vários secretários estaduais também estão presentes no hospital, entre eles o secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, José Aníbal; o da Agricultura, João Carlos Meireles; o da Energia, Mauro Arce; o da Segurança Pública, Marco Vinício Petrelluzzi e o secretário-adjunto de Governo, Dalmo Nogueira. Também estão presentes a deputada federal Zulaiê Cobra Ribeiro (PSDB-SP) e o líder do governo na Assembléia Legislativa, Milton Flávio.Dom Paulo Evaristo Arns esteve no Incor para dar a unção dos enfermos e rezar junto com o governador. "Rezamos muito juntos para fazer a comunhão e receber a santa unção dos enfermos e dos doentes", afirmou o religioso ao deixar o hospital. "Cumprimos o ritual religioso para ele ter força e coragem para enfrentar o que vem", disse.Segundo o cardeal, o governador estava bastante calmo e tranqüilo. "Ele é muito corajoso", observou. Ele disse ainda que Covas apertou bastante a sua mão e afirmou: "O senhor sempre foi meu amigo e vai continuar sendo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.