Dnit lança sistema para monitorar obras na internet

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) lançou ontem sistema que permite acompanhar a execução física e financeira de obras rodoviárias na internet. O Boletim Eletrônico de Medição (BEM) está disponível no site da autarquia (www.dnit.gov.br), com a descrição dos serviços e materiais pagos mensalmente em cada empreendimento, bem como os valores gastos.

FÁBIO FABRINI, Agência Estado

12 de novembro de 2012 | 18h53

Inicialmente, o cidadão poderá monitorar 107 obras de construção rodoviária. Para facilitar o entendimento de termos técnicos, foi elaborado um glossário. Até o fim do primeiro semestre de 2013, a promessa é expor na web dados de todas as intervenções nas rodovias, inclusive as de manutenção. Numa etapa seguinte, está nos planos incluir os projetos em outros modais, como o ferroviário e o aquaviário.

De acordo com o diretor-geral do Dnit, general Jorge Ernesto Pinto Fraxe, o novo sistema aumenta a transparência nas atividades do órgão, o que favorece o controle da corrupção. Ele assumiu no ano passado, após a chamada "faxina" da presidente Dilma Rousseff na área dos transportes. "Que isso, inclusive, nos ajude a evitar os desvios de conduta", comentou.

Outra vantagem do BEM é agilizar o pagamento das medições, de 100 dias para cerca de 15.

O general explicou que, após meses desacelerada, a máquina de investimentos do Dnit está voltando ao ritmo anterior. A previsão dele é que R$ 20 bilhões em obras rodoviárias sejam licitadas até o fim do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Dnitfiscalização

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.