Pilar Olivares/Reuters
Pilar Olivares/Reuters

Djamila Ribeiro relata ofensas a Dilma em aeroporto na Espanha

Grupo de brasileiros ofendia e fazia ameaças contra a ex-presidente

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2019 | 19h47

A filósofa e ativista Djamila Ribeiro relatou em suas redes sociais ataques verbais de um grupo de brasileiros contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no Aeroporto Adolfo Suárez, em Madri, na Espanha. 

De acordo com ela, o grupo ofendia e fazia ameaças contra a petista. A assessoria da ex-presidente confirmou o episódio.

"Eu e Ísis (Vergilio, produtora) prontamente nos solidarizamos e começamos a defendê-la. O grupo foi se calando e policiais se aproximaram para fazer a segurança de Dilma", relatou Djamila. "Ficamos conversando alguns minutos com ela e, assim que nos despedimos, o grupo voltou a gritar e a ofender Dilma." 

Djamila pediu respeito e chamou o processo de impeachment contra Dilma de "golpe". "Dilma nem está mais no poder, sofreu um golpe, Lula está preso, Bolsonaro ganhou a eleição, o que mais essas pessoa querem? Desejar o assassinato dela? É revoltante. Essas pessoas estão contaminadas pelo ódio", escreveu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.