Dívida de SP é impagável, diz Maluf

O ex-prefeito e atual candidato à Prefeitura de São Paulo, Paulo Maluf, provocou surpresa, hoje, ao declarar que a dívida do município é impagável. "Sabe, eu prefiro ser criticado pela minha sinceridade do que dizer asneira para meia dúzia de pessoas que conhecem bem o orçamento. Por isso, eu digo que a dívida é impagável porque nós temos de ficar no limite de 13%". Maluf foi indagado, durante entrevista no auditório do Grupo Estado, como faria então para enquadrar o município na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Maluf explicou que as duas coisas não estão interligadas. Ele lembrou que a LRF versa que não se pode gastar mais do que se arrecada e a atual prefeita está desrespeitando o que diz a lei. "Ela deve terminar este ano com um déficit na prefeitura, ou seja, gastando mais do que arrecadou. Eu não sei se isso é culpa da gastança ou porque ela arrecadou menos porque a população não aguenta pagar mais imposto".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.