Divergência resulta em saída de 13 secretários de Santo André

Sobraram apenas três; de acordo com prefeito, secretários teriam ficado descontentes com candidato em 2008

FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

27 de novembro de 2007 | 21h02

Treze dos dezesseis secretários municipais de Santo André, no ABC paulista, entregaram nesta terça-feira, 27, um documento pedindo demissão. A decisão foi tomada por suposta divergência na sucessão municipal.De acordo com o prefeito da cidade, João Avamileno (PT), os secretários teriam ficado descontentes com o candidato sugerido pelo petista durante a prévia realizada pelo partido para as próximas eleições.   Segundo Avamileno, continuaram nos cargos apenas os secretários de Comunicação, de Governo e da Subprefeitura de Paranapiacaba. A previsão é de que até o fim desta semana os novos secretários sejam nomeados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.