Distribuição das comissões da Câmara é adiada para quarta

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que a distribuição das comissões da Casa entre os partidos será feita na quarta-feira. A escolha seria realizada nesta terça-feira, mas as bancadas ainda devem se reunir para definir os nomes dos parlamentares que presidirão as equipes. As comissões da Câmara devem ser instaladas até, no máximo, quinta-feira da próxima semana. Com esse calendário, Chinaglia acredita que será possível resolver essas pendências antes do carnaval. Para compensar o feriado, a Câmara realizará votações de segunda a sexta-feira da semana que vem. Chinaglia disse também que o projeto que extingue cerca de mil cargos sem concurso público na Casa deverá ser votado na quarta-feira. As demissões já foram efetuadas no ano passado, mas as vagas ainda não foram extintas, o que pode permitir a retomada das contratações. Na pauta anunciada pelo presidente da Câmara também consta para quarta-feira a votação do projeto da Super-Receita - unificação da Receita Federal com a Receita Previdenciária. Segundo Chinaglia, as matérias devem ir ao plenário mesmo que não haja acordo. "Não é obrigatório ter acordo", afirmou. "Vamos trabalhar para que todos percebam a importância de termos uma pauta produtiva".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.