Dirigentes do conselho definem cronograma sobre caso Renan

O presidente do Conselho de Ética do Senado, Leomar Quintanilha (PMDB-TO), se reúne em seu gabinete com o senador Renato Casagrande (PSB-ES) e com senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), relatores no processo contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), na manhã desta quinta-feira, 5, para definir o cronograma de trabalho do Conselho de Ética. O terceiro relator, senador Almeida Lima (PMDB-SE), não deve comparecer porque viajou na quarta-feira, 4, para o seu Estado, para se tratar de uma crise renal.Após essa reunião, Quintanilha e os dois relatores devem ir até a Superintendência da Polícia Federal para pedir a conclusão da perícia nos documentos de defesa apresentados por Renan para comprovar a disponibilidade de recursos par pagar dívidas pessoais. A expectativa dos senadores é de que haja tempo para checar se a venda de gado - que teria garantido a Renan um rendimento de R$ 1,9 milhão nos últimos quatro anos - realmente ocorreu. Em caso contrário, eles esperam que os peritos consigam comprovar eventuais irregularidades nos recibos e notas fiscais apresentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.