Diretório Nacional do PT debate alianças para as eleições

As eleições municipais desse ano são principal tema de debates do segundo dia de reunião do Diretório Nacional do PT, que está sendo realizada em São Paulo. Segundo o ministro da Saúde, Humberto Costa, que participa da reunião, o partido ainda tem chance de firmar alianças importantes com o PMDB para as eleições deste ano. Costa destacou que as divergências no âmbito municipal e estadual não devem prejudicar o trabalho conjunto dos dois partidos no cenário nacional. "Em muitos lugares é possível a aliança com o PMDB, e, se isso não for possível no primeiro turno, será no segundo."O ministro admitiu que a união de forças pode não ocorrer em algumas capitais (como em São Paulo, onde o PMDB anunciou a candidatura do deputado Michel Temer à Prefeitura). Mesmo assim, Costa acredita que o PT será capaz "de montar alianças em vários locais importantes do País".Na primeira parte da reunião, realizada ontem, o PT reiterou o apoio à condução das políticas do governo Lula, inclusive a área econômica . O presidente nacional do partido, José Genoino, enfatizou que o governo já está tomando medidas importantes para a geração de emprego e renda, como a política industrial e o incentivo à construção civil. Ao comentar a votação deste sábado, o ministro Humberto Costa afirmou que o governo tem assegurado tratamento adequado à área da saúde. "A saúde tem sido tratada como prioridade. Temos tido do ministro da Fazenda, Antônio Palocci, e do resto da equipe econômica tratamento bastante justo diante das necessidades da saúde."Ao final da reunião, será divulgado o documento com as resoluções tomadas pelo Diretório Nacional do PT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.