Diretores do Rural são primeiros com denúncia aceita por relator

O ministro Joaquim Barbosa, relator doinquérito do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF),aceitou nesta quinta-feira a denúncia do procurador-geral daRepública, Antonio Fernando Souza, contra quatro diretores eexecutivos do Banco Rural. Foram as primeiras denúncias aceitas pelo relator noprocesso que envolve 40 acusados, entre eles o ex-ministro JoséDirceu. Os ministros Marco Aurélio Mello e Cezar Pellusoacompanharam o voto do relator. A sessão foi suspensa e seráretomada amanhã às 10 horas. Caso a decisão seja confirmada pelo plenário do STF, que aestá deliberando, a presidente do Banco Rural, Kátia Rabello,José Roberto Salgado, Ayana Tenório Torres de Jesus e ViníciusSamarane responderão a ação penal pelo crime de gestãofraudulenta. Eles também foram denunciados pelo procurador-geral daRepública, Antônio Fernando Souza, pelos crimes de lavagem dedinheiro, evasão de divisas e formação de quadrilha. O BancoRural fez empréstimos à direção do PT em 2003, operaçõesconsideradas fictícias pelo procurador-geral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.