Diretores do BC se reúnem com auditor do Banpará

A assessoria de imprensa do Banco Central informou há pouco que o funcionário da instituição Abraão Patruni Júnior, cedido ao Ministério Público do Paraná, se reuniu nesta quarta-feira, na capital federal, com a diretora de Fiscalização do BC, Teresa Grossi, com o diretor de Administração, Edison Bernardes, e com o procurador-geral do banco, José Coelho Ferreira. O funcionário foi convocado a Brasília em função de suas declarações à imprensa sobre o relatório do BC a respeito de irregularidades ocorridas na administração do Banco do Estado do Pará à época em que o atual presidente do Senado, Jader Barbalho, era governador do Estado. De acordo com a assessoria do BC, ficou decidido, na reunião desta quarta, que nada será divulgado sobre o conteúdo da conversa entre Patruni e os diretores. Os assessores do BC não confirmam oficialmente que o funcionário esteja para ser punido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.