Diretor do DNIT diz que 'o cargo é da presidenta'

Cotado nos bastidores para deixar o cargo, na esteira da saída de César Borges do Ministério dos Transportes, o diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), general Jorge Ernesto Pinto Fraxe, disse nesta quarta-feira, 25, que continua trabalhando. "O cargo é da presidenta, não sou eu que deixo ou não deixo", afirmou. Ele teve reunião, mais cedo, com o ministro César Borges (que está deixando a pasta dos Transportes para assumir a Secretaria de Portos), mas desconversou quando questionado se trataram de sua saída do Dnit. "Isso não é comigo, não."

LU AIKO OTTA, Agência Estado

25 Junho 2014 | 16h45

Mais conteúdo sobre:
DNITJorge Ernesto Pinto Fraxe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.