Dirceu volta a criticar Lei Fiscal

O presidente nacional do PT, deputado federal José Dirceu, voltou a criticar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em vigor desde o ano passado. "O município precisa fazer despesas com pessoal permanente e a lei continua sendo um obstáculo", falou. Ele esteve reunido com a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), e políticos do partido para discutir a administração paulistana. Segundo ele, a LRF estaria impedindo a prefeita de fazer nomeações na área de educação que viabilizam a expansão do serviço na cidade. A construção de creches também estaria sendo prejudicada, segundo Dirceu.Dirceu disse que Marta deve ligar para o prefeito de Belo Horizonte, Célio de Castro (PSB), que está licenciado, para que ele marque uma nova reunião da Frente Nacional dos Municípios (FNM). "Vamos insistir com a agenda da lei fiscal, ainda que Brasília esteja ocupada com a Comissão de Ética e a CPI", disse o petista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.