Dirceu se diz aliviado por novas denúncias não o envolverem

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse hoje que apesar das novas denúncias sobre o caso Waldomiro Diniz, ele ficou mais aliviado porque não houve envolvimento de seu nome nas reportagens publicadas hoje nas revistas semanais. Dirceu, segundo importante dirigente do PMDB, falou por telefone com o presidente do Senado, José Sarney, e com o líder do PMDB, senador Renan Calheiros. A mesma fonte, no entanto, avaliou que se por um lado a situação do ministro Dirceu permanece inalterada, de outro, a situação do governo piorou, porque as novas denúncias citam os nomes do ministro da Educação, Tarso Genro, e da ex-ministra dos Direitos da Mulher, Emília Fernandes, no envolvimento com bicheiros para o financiamento de campanhas eleitorais. Neste momento, José Dirceu recebe o presidente da Câmara, João Paulo Cunha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.