Dirceu quer "desdramatizar" a reforma agrária

O ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, disse hoje no Rio que é preciso "desdramatizar" a reforma agrária e evitar a polarização ruralistas e sem-terra. "Temos que evitar de todo o jeito a violência, caminhar para o diálogo, o País está produzindo (no campo), não há nenhum incidente grave", disse.Segundo o ministro, as invasões de terra estão se concentrando apenas numa região de Minas Gerais, no Paraná e em Pernambuco. "Houve saques, não digo que não seja grave, a fome é grave, mas daí a achar que o País está vivendo um momento de saques, vamos criar uma situação de instabilidade que não existe, já temos problemas o bastante", afirmou.O ministro acha que o MST não está desgastando o governo, já que o governo está decidido a promover a reforma agrária e garantir que os assentamentos tenham infra-estrutura e possam escoar a produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.