Dirceu quer atualizar blog e receber jornais na cadeia

O ex-ministro José Dirceu pediu à Justiça o direito de conceder entrevistas, produzir textos para seu blog e receber diariamente jornais, revistas e outros meios de informação. A defesa alega que todo preso tem direito a manter contato com o mundo exterior por meio de correspondências e pela leitura de meios de informação.

FELIPE RECONDO, Agência Estado

05 Dezembro 2013 | 20h04

No pedido, a defesa de Dirceu ressalta que a legislação penal busca impedir que o preso seja marginalizado durante o período em que estiver preso. "Em suma, o sentenciado mantém íntegro o ''direito à liberdade de informação e expressão''", afirmaram os advogados José Luís Oliveira Lima.

A legislação impede que presos se comuniquem com pessoas de fora do presídio apenas nos casos em que isso for necessário para impedir a prática de outro crime ou para garantir a segurança do presídio.

Na semana passada, a Vara de Execuções Penais determinou que a administração do presídio desse tratamento igualitário a todos os condenados. A decisão foi motivada por uma recomendação do Ministério Público do Distrito Federal (MPDFT).

Depois de preso, o ex-presidente do PT José Genoino concedeu entrevista à revista IstoÉ. A entrevista foi criticada por assessores da Presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). Depois de publicada a entrevista, o juiz titular da VEP, Ademar Silva de Vasconcelos, foi pressionado a afastar-se do comando do processo de execução das penas.

No passado, o ex-ativista político Cesare Battisti, preso também na Papuda, foi autorizado a conceder entrevistas e chegou a escrever um livro de dentro do presídio. E também recebeu a visita de parlamentares.

Mais conteúdo sobre:
Menslão Dirceu blog

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.