Dirceu promete buscar recursos para região Centro-Oeste

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, se reuniu com os quatro governadores do Centro-Oeste para acertar a criação de uma agência de desenvolvimento para a região. Segundo o ministro, a agência deve ser implantada ainda este ano, mas não há prazo. Na reunião, Dirceu acenou com soluções de curto prazo de investimentos para a região. Uma das fontes desses recursos poderá ser o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). "Nós vamos tentar alternativas, também, junto a outros fundos, porque os fundos do Norte e do Nordeste não estão sendo utilizados em toda a sua plenitude. Há um excesso de recursos, então vamos ter que ter inteligência, criatividade e buscar soluções", afirmou. No encontro, os governadores do Centro-Oeste reafirmaram apoio à reforma tributária, mas reivindicaram que tanto o Fundo de Compensação das Exportações da Lei Kandir, quanto o Fundo de Desenvolvimento Regional (previsto na reforma tributária para compensar eventuais perdas com a unificação do ICMS) sejam constitucionalizados. O ministro já está retornando para Brasília. Os quatro governadores do Centro-Oeste continuam reunidos no Palácio das Esmeraldas, sede do governo de Goiás. O único governador que não compareceu foi Joaquim Roriz (DF), que enviou como representante sua vice-governadora, Maria de Lourdes Abadia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.